Agoniada

Plumeria lancifolia

Planta reconhecidamente indicada para as desordens menstruais. Calmante das histerias, ameniza cólicas, menstruações dificeis e dolorosas e febres intermitentes. Substitui o quinino. Da família das Apocináceas, também conhecida como agonia, agonium, a rapou, arapuê, arapuo, colônia, guina mole, jasmim-manga, quina-branca, quina-mole, sucuíba, sucuba, sucuruba, sucuuba, tapioca, tapo uca, tapuoca.

Principais propriedades:

- Casca: emenagoga e purgativa;
- Látex da casca: anti-helmíntica e febrífugo;
- Flores: lactescentes, galactagogas, antidepressiva, antiasmática, antissifilítica, emenagoga, purgativa, anticonceptiva, antiespasmódica, anti-helmíntica, desengurgitante (para adenites e gânglios supurados), febrífuga, galactagoga, laxante, reguladora dos ciclos menstruais;
- Folhas: antiasmática, antidepressiva, antissifilítica, galactagoga, emenagoga, febrífuga e purgativa;
- Toda a planta: anti-inflamatório potente (do trato genital feminino) e anti depressiva.

Principais indicações:

- Amenorréia (ausência do fluxo menstrual),
- Dismenorréia (fluxo mentrual com cólicas),
- Leucorréia crônica,
- Edemas e inchaços relacionados ao ciclo menstrual,
- linfanginites, ingurgitamento ganglionar e escrófulas.

Contraindicações:

- Crianças,
- Período gestacional;
- Período de amamentação.

Parte Usada:

- Casca, folha, látex

Fitoterápicos



Visitantes até 5 de julho de 2017: 3.378.076 - Fonte: UolHost

WhatsApp! (61) 99162-4619
camiloalencar@gmail.com