Angélica

Angelica officinalis

Planta aromática procedente do Hemisfério Norte. Muito indicada no trato digestivo e na insuficiência de suco gástrico e problemas estomocais. Não é recomendado a diabéticos. A Angélica é indicada, principalmente, para problemas estomacais e também como expectorante.

Principais propriedades:

- Estimulante;
- Carminativa, eliminando os gases do sistema digestório;
- Depurativa, eliminando as toxinas e os resíduos do organismo;
- Diurética, aumentando a frequência e o fluxo urinário;
- Estomacal, facilitando a digestão;
- Emenagoga, facilitando e aumentando o fluxo menstrual.

Principais indicações:

- Bronquites;
- Câimbras;
- Cefalalgias;
- Clorose;
- Convulsões;
- Cólicas;
- Debilidade e dilatação do estômago;
- Afecções do sistema respiratório (garganta, brônquios e pulmões);
- Afecções do fígado, rins e bexiga;
- Escorbuto, gota, paludismo, reumatismo, rouquidão, tétano, tifo, flatulência e vômitos.

Parte Usada:

- Rizoma e raiz

Fitoterápicos



Visitantes até 27 de novembro de 2017: 3.583.044 - Fonte: UolHost

WhatsApp! (61) 99162-4619
camiloalencar@gmail.com