Ginkgo Biloba

Gingko biloba

Árvore considerada um fóssil vivo, ancestral do carvalho, é mencionada nos escritos chineses de 2800 anos A.C. e considerada sagrada no Oriente. Tem ação preventiva e curativa na oxidação das células e no envelhecimento. Estimulante da circulação, diminui a hiperagregação plaquetária, evitando tromboses. Indicado ainda contra micro varizes, artrite e cansaço nas pernas.

Principais propriedades:

- Antiinflamatório;
- Antioxidante;
- Vasodilatador

Principais indicações:

- Degeneração vascular;
- Envelhecimento celular;
- Distúrbios circulatórios arteriais;
- Arteriosclerose;
- Perda da memória;
- Disturbios da atenção;
- Vertígens;
- Microvarizes;
- Úlceras varicosas;
- Cançaço nas pernas;
- Edema cerebral.

Contraindicações:

- Gestantes;
- Lactantes;
- Crianças (necessita acompanhamento médico);
- Trombose;
- Pós cirúrgico;
- Hipertensão arterial;
- Taquicardia;
- Úlcera gástrica;
- Diarréias;
- Uso abusivo pode causar hemorragias.

Parte Usada:

- Folha, semente

Fitoterápicos



Visitantes até 27 de novembro de 2017: 3.583.044 - Fonte: UolHost

WhatsApp! (61) 99162-4619
camiloalencar@gmail.com