Bacillinum

MATÉRIA DE ORIGEM
- Maceração de um pulmão tuberculoso.
- Introduzida pelo Dr. Burnett.

Diátese escrofulosa;
Sobretudo pessoas claras, louras, de olhos azuis, altas, esguias, de peito chato e estreito, tendo na família antecedentes tuberculosos.

Quando, havendo antecedentes tuberculosos na família, os remédios mais bem escolhidos falharem, êste medicamento deve ser empregado, sem olhar para o nome da moléstia.

No primeiro período da tuberculose, êle, muitas vêzes, curará radicalmente a moléstia; e no último período, produzirá mais melhoras do que qualquer outro remédio.

- Favorece a queda do tártaro dos dentes;
- Extrema facilidade em resfriar-se;
- Emagrecimento rápido e notável, apesar de comer bem;
- Tristeza e irritabilidade nervosa;
- Grande fraqueza e suores noturnos;
- Eczema da borda palpebral;
- Moléstias respiratórias não tuberculosas:
  Opressão por acúmulo de catarro nos brônquios
  Expectoração mucopurulenta.
  Asma. Bronquite crônica, sobretudo nos velhos.
- Muito útil na impigem.

Opressão por acúmulo de catarro nos brônquios e expectoração mucopurulenta. Asma. Bronquite crônica, sobretudo nos velhos.

Paciente tuberculínico ou não, apresentando eliminações crônicas abundantes ou repetidas pelas mucosas ou pela pele, sobretudo:

- Expectoração crônica mucopurulenta ou mucosa (com tosse untosa)
- Erupções impetiginosas ou eczematosas.
- Convém sobretudo se o paciente está agitado e se movimentando sem cessar.

Foi empregado com sucesso no tratamento da tuberculose;
Seus bons resultados são vistos na modificação do escarro, que diminui se tornando também mais arejado e menos purulento.

Muitas formas de moléstias crónicas não-tuberculosas são influenciadas favoravelmente pôr Bacillinum, principalmente quando há a presença de broncorréia e dispneia.

- Piorreia respiratória.
- O paciente expectora menos .
- Catarro sufocante.
- Meningite tuberculosa.
- Favorece a queda de tártaro dos dentes.
- Disposição constante para se resfriar.
- Bacillinum é especialmente indicado para os pulmões de gente velha, comcondições catarrais crónicas e circulação pulmonar enfraquecida, ataques de sufocação à noite com tosse difícil.

CABEÇA
- Irritado, deprimido.
- Dor de cabeça forte, profunda, também como uma faixa apertada.
- Tinha.
- Eczema nas pálpebras.

ABDOME
- Dores abdominais, glândulas crescidas na virilha, "Tabes mesentérica".
- Diarreia súbita antes do dejejum.
- Prisão de ventre obstinada, com gases mal cheirosos.

RESPIRAÇÃO
- Opressão.
- Dispneia catarral.
- Asma úmida.
- Estertores borbulhantes e expectoração muco-purulenta.

PELE
- Tinha ("ring worm"); pitiriase (dermatose descamativa).
- Eczema nas pálpebras.
- Glândulas no pescoço crescidas e sensíveis.

MODALIDADES
- Piora, de noite e de manhã cedo; com ar frio.

MC: Calc., Phosph., Lachesis, Kali carb.
DD: Tuberculinum de Koch.

Bibliografia:
1. Cairo, Nilo; Guia de Medicina Homeopática.
2. Voisin, H.; Manual de Matéria Médica para o Clínico Homeopata.
3. Boericke, W.; Matéria Médica Homeopática.

..........

Homeopatias



Visitantes até 5 de julho de 2017: 3.378.076 - Fonte: UolHost

WhatsApp! (61) 99162-4619
camiloalencar@gmail.com